quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Governo do Estado assina convênios de R$ 8,5 milhões para projetos piloto

A assinatura de convênios para liberação dos recursos dos projetos piloto nas áreas da agricultura irrigada, apicultura e cajucultura foi assinada pelo Governador do Estado, Robinson Faria nesta quarta-feira (11), na Estação das Artes, em Mossoró. Os 4 municípios são: Mossoró, Apodi, Severiano Melo e Caraúbas.

O investimento de R$ 8.240.205,34 (oito milhões duzentos e quarenta mil, duzentos e cinco reais e trinta e quatro centavos), é do Governo do Estado, por meio do acordo de empréstimo com Banco Mundial, através do Projeto RN Sustentável.

A expectativa é que as 302 famílias contempladas das 14 organizações produtivas, entre 10 associações e 4 cooperativas aprimorem as técnicas de produção, adquiram equipamentos modernos e se capacitem para os negócios prosperarem, dobrando ou triplicando a comercialização.

“Uma equipe de técnicos da Secretaria de Agricultura está trabalhando nos Projetos Pilotos que são acompanhados pelo Banco Mundial e seus especialistas na área de agricultura familiar, existe uma troca de experiências com outros países que desenvolvem ações permanentes com os agricultores. A expectativa é que melhorem os índices socais, de desenvolvimento e que após o término do Projeto RN Sustentável, os Projetos caminhem com êxito”, relata Fabiano Lima, gerente da UES-SAPE.

A produção é motivo de orgulho para os produtores. “O que eu faço aqui é meu. Eu tiro a renda da minha própria terra. Quer dizer, com esse projeto a gente consegue concluir nosso sonho e tirar sustentabilidade daqui e beneficiar todos”, diz Lázaro Pedro de Mota, agricultor do Assentamento Oziel Alves.

PROJETO PILOTO DE AGRICULTURA IRRIGADA

No Projeto Piloto de Agricultura Irrigada será investido R$ 2,972.270,08 , os contemplados são as Associações: Associação Comunitária Terra Prometida, no Projeto de Assentamento (P.A.) Oziel Alves; Associação dos Produtores Rurais da Agrovila Pomar (APRAP), no P.A. MAISA; Associação de Produtores Agrícolas da Montana do Eldorado dos Carajás II, no P.A. MAISA; e uma (01) cooperativa: a Cooperativa de Agricultores e Agricultoras Familiares de Mossoró (COOAFAM), que ficam situados no município de Mossoró.
Oitenta e nove famílias (89) estão envolvidas diretamente. Além da contratação da assistência técnica, os recursos serão para construção de uma unidade de beneficiamento de polpas de frutas equipada com modernas máquinas de refrigeração e aquisição de veículos com baú refrigerado, norma exigente para transporte das polpas. Serão ainda adquiridos equipamentos de irrigação e insumos para as áreas produtivas.

PROJETO PILOTO DE APICULTURA

O Projeto será desenvolvido em Apodi e Caraúbas, os contemplados são (03) associações: Associação do Projeto de Assentamento Santa Agostinha, em Caraúbas; Associação dos Posseiros do Projeto de Assentamento Sítio Góis e Associação dos Posseiros do Projeto de Assentamento Milagre, em Apodi; e uma (01) Cooperativa: Cooperativa Potiguar de Apicultura e Desenvolvimento Rural Sustentável (COOPAPI), também em Apodi.

Oitenta e uma famílias (81) estão envolvidas diretamente. Esses municípios são destaques na produção do mel de abelha no Rio Grande do Norte, embora já exista algumas casas de mel, as mesmas receberão adequações. A expectativa é aumentar a produção adquirindo colmeias e se utilizando de técnicas mais assertivas. O Entreposto do mel será reformado e a aquisição de novos veículos e equipamentos apícolas fazem parte também dos investimentos.

O investimento é de R$ 2.604.024,70 (dois milhões, seiscentos e quatro mil, vinte e quatro reais e setenta centavos).

PROJETO PILOTO DE CAJUCULTURA

As cento e trinta e duas (132) famílias de agricultores dos municípios de Severiano do Melo, Apodi e Caraúbas recebem a implementação do Projeto Piloto de Cajucultura. Os contemplados são quatro (04) associações: a Associação do Projeto de Assentamento Petrolina, em Caraúbas; a Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares de Ipueira, Associação dos Produtores de Castanha de Santo Antônio, ambas em Severiano Melo; Associação dos Miniprodutores do Córrego e Sítio Reunidos, em Apodi; e duas (02) cooperativas: A Cooperativa Mista da Agro Indústria (COOPERUBA), em Caraúbas; e a Cooperativa Central da Agricultura Familiar do RN (COOAFARN), em Apodi.
Com o valor de investimento de R$ 2.663.910,56 será realizado o plantio de novas áreas de cajueiros anão precoce, aquisição de castanhas de caju para as agroindústrias de beneficiamento de castanhas das associações envolvidas, aquisição de equipamentos de irrigação, aquisição de equipamentos para viveiros de mudas, aquisição de insumos para produção de mudas e para o plantio das mudas, aquisição de veículos utilitários, reforma de unidade de beneficiamento de castanha, aquisição de trator com implementos.

PRODUÇÃO DA CAJUCULTURA NO RN

A renda do produtor de castanha de caju cresce no Nordeste. O Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará concentram em seus estados mais de 80% da produção nacional. A estimativa, calculada pelo IBGE, é de 228,7 toneladas, com um aumento de 120% em relação à colheita de 2015, de 102,7 toneladas.

Apesar do clima seco das regiões, os produtores da região do Rio Grande do Norte, no alto Oeste, Litoral e Agreste produziram cerca de 20 mil toneladas castanha de caju. A maior parte da produção é encaminhada para o mercado exterior, principalmente para os Estados Unidos, Canadá e países baixos da Europa.

Todas as famílias beneficiadas dos projetos piloto citados vão receber acompanhamento de técnicos e assistência técnica contratada para proporcionar melhor manejo e acesso a novos mercados.

FOMENTO DA APICULTURA NO RN

Um dos itens essenciais da pauta de exportação, a Apicultura, evidencia resultados que aparecem na fauna, flora, melhoria da qualidade de vida e da renda. Segundo dados da Confederação Brasileira de Apicultura (CBA) de 2011, o Brasil possuía cerca de 350 mil apicultores.

No ano anterior, só o Rio Grande do Norte exportou 435 toneladas de mel natural, o equivalente a uma negociação de 1,07 milhões de dólares. Apesar da seca dos últimos 5 anos que causou uma queda significativa na produção, os apicultores que atuam nas diversas regiões do Estado conseguiram se manter na atividade através da diversificação de produtos.

O principal destino das exportações são os Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Canadá. Outros países também importam o mel brasileiro, como China, Japão, México, Peru, Paraguai, Bolívia, Bélgica e Espanha.
 
Fonte: RN Sustentável

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Projeto da COOPAPI e BUDEGA TERRA FIRME oferta certas de produtos orgânicos e ganha a preferência dos apodienses.






Uma iniciativa da COOPAPI e da Budega Terra Firme tem chamado atenção entre os apodienses que primam por uma alimentação saudável, trata-se de disponibilizar aos consumidores alimentos orgânicos com uma metodologia inovadora, onde é disponibilizado via redes sociais um cardápio de produtos e seus respectivos preços e o consumidor tem autonomia para formar sua própria cesta, os alimentos são colhidos no campo e entregues conforme os pedidos no domicilio dos clientes.

O projeto conta com uma relação de 30 produtos entre hortaliças e outros itens e já ultrapassa a marca dos 50 consumidores. A Budega tem realizado a cada entrega pesquisa de opinião com os consumidores que avaliam a qualidade dos produtos, preços e entregas, " tem sido uma experiência interessante, esse era um projeto antigo que tínhamos em mente e só agora tivemos condições de iniciar esse trabalho, a ideia é fortalecer o projeto, melhorar os serviços e ampliar o rol de produtos e clientes" afirmou Clébson Lima que faz a gestão do projeto.

Encomendas: 
9.9155-8646 - zap
9.9856-9436

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Dirigente do STTR de Apodi/RN visita viveiro de mudas na comunidade de Córrego





 
O vice presidente do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Apodi/RN, o assentado da reforma agrária José Rita participou de uma visita ao viveiro de mudas da Associação dos Mini Produtores do Sítio Córrego logo após a reunião na associação daquela comunidade. A iniciativa dos agricultores/as que fazem a associação tem como objetivo revitalizar a cajucultura do município de Apodi e região que praticamente foi dizimada nesses últimos anos de estiagem.

A COOPAPI juntamente com a associação através dos quintais produtivos dos agricultores tem se empenhado no sentido de mostrar que é possível sim revitalizar a cultura do caju no município.
Nessa terça feira (10) os agricultores irão realizar um intercambio com agricultores de Apodi e outros municípios na comunidade. 
 
Fonte: Comunicação Popular.

Diretoria gestão 2004-2007

Antonio Urbano da Silva
 presidente

Antonio Gonsaga de Lima
vice-presidente

Antonia Zilma da Silva
1ª Secretária

Francisco Joseraldo Medeiros do Vale
2º Secretário

Fátima de Lima Torres
1ª tesoureira

Odair José de Medeiros
2º tesoureiro

Mandato: 03 de abril de 204 a 03 de abril de 2007

Diretoria gestão 2007-2010

Fátima de Lima Torres 
Presidente

Antonia Zilma da Silva 

vice Presidente

José Evilázaro de Morais
1º conselheiro financeiro e comercial

Ambrósio Lins do Nascimento 
2ºconselheiro e comercial

Severino Gelson 
1º conselheiro administrativo

João Batista Torres
2º conselheiro administrativo

Mandato de março de 2007 a março de 2010


Diretoria Gestão 2010-2013

Fátima de Lima Torres
Presidente

Benedito Ferreira da Silva Sobrinho
Vice-presidente

Antonio Ismael de Sousa Costa
1º tesoureira

Antonia Zilma da Silva
2ª tesoureiro

Antonio Caubí Marcolino Torres
1º Secretária

Fábio Veríssimo Pinheiro
2º Secretário

Mandato: 03 de abril de 2010 a 03 de abril de 2013.

Diretoria gestão 2013-2016

Francisco Marto de Lima e Souza
Presidente

Benedito Ferreira da Silva Sobrinho
Vice-presidente

Natália Quezi de Lima
1º tesoureira

Francisco Sobrinho de Sousa
2ª tesoureiro

Rosa Mércia Torres de Queiróz
1º Secretária

Maria Rosineide Torres Marcolino
2º Secretária

Mandato: 04 de abril de 2013 a 04 de abril de 2016.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Parceria entre COOPAPI, COOAFARN, Fundação Banco do Brasil e o RN sustentável realiza produção de mudas para revitalização da Cajucultura no oeste do Rio Grande do Norte.

A parceria duradoura existente entre a COOPAPI, COOAFARN e Fundação Banco do Brasil já rendeu diversos frutos para a Agricultura Familiar do Oeste do Rio Grande do Norte, desta feita o trabalho tem se concentrado na produção de mudas para a revitalização da Cajucultura no oeste potiguar, atividade bastante afetada pelos sucessivos anos de estiagens, nesse circuito de parcerias destaque para o SEBRAE e o Projeto RN Sustentável que tem aportado recursos financeiros e técnicos para otimização das ações existentes, nas fotos destaque para o trabalho que vem sendo realizado na reconstrução do viveiro de mudas na comunidade de Córrego.


            Interessante ressaltar que a produção de mudas tem acontecido em alguns viveiros e principalmente nos quintais dos agricultores sendo esse sistema mais uma ação interessante, pois essa tem sido uma pratica que estimula outros agricultores a adotarem essa estratégia, a expectativa é que seja produzida em  torno de 60 mil mudas, essa iniciativa é relevante porque oportuniza aos produtores a muda de cajueiro para a realização do plantio logo nas primeiras chuvas, destacou Fátima Tôrres, tesoureira da COOAFARN, para os técnicos de campo Reginaldo Câmara e Francisco Batista (Jailson) o sentimento é de muita alegria em estarem contribuindo com a revitalização dessa importante cadeia produtiva.



quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

COOAFARN e COOPAPI realizam confraternização natalina e celebram assinatura de convenio com a Fundação Banco do Brasil

           





         Aconteceu na manhã do dia 19/12/2016 nas dependências da Associação Atlética Banco do Brasil - AABB um momento de confraternização da COOPAPI e COOAFARN com cooperados e parceiros e a assinatura de convênio entre COOAFARN e Fundação Banco do Brasil, o momento foi oportunidade para celebrar as conquistas de 2016 e realizar a assinatura de mais um convênio com Fundação Banco do Brasil, desta feita, trata-se de um projeto quer têm como título: AGRICULTURA FAMILIAR E GESTÃO SOCIAL: O FORTALECIMENTO DO COOPERATIVISMO NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, iniciativa que tem por finalidade fortalecer os mecanismos da gestão social nas cooperativas singulares e suas agroindústrias de beneficiamento de alimentos, envolvendo jovens e mulheres da Agricultura Familiar e economia solidaria no Estado do Rio Grande do Norte.
            O evento foi bastante privilegiado pelos cooperados da COOPAPI e COOAFARN e contou com uma mesa de autoridades composta por: Fernando Luiz de Oliveira Silva - Gerente de negócios da superintendência do Banco do Brasil, Paulo Roberto F. G. Santos - Gerente da Agência do Banco do Brasil em Apodi, Manoel Cristiano da Cunha - Presidente da COOAFARN, Fátima de Lima Tôrres - UNICAFES/RN, Caramuru Paiva - Mandato das Senadora Fátima Bezerra, Soneth Ferreira - Câmara Municipal de Apodi, João Hélio - Diretor Técnico do SEBRAE, Paulo de Tarso Chacon - Voluntário do projeto, José Maria Junior - FETARN e Alan Silveira - Prefeito eleito de Apodi, as autoridades se pronunciaram no sentido de parabenizar as cooperativas e colocaram suas respectivas instituições a disposição do cooperativismo, para abrilhantar ainda mais a manhã contamos com a apresentação musical do grupo " Nostalgia" composto por alunos e e-x alunos da Escola Ferreira Pinto, sob a coordenação do maestro Kennedy.
            Em nome da COOPAPI e COOAFARN nossos sinceros agradecimentos a todos que celebraram conosco esse momento, votos de um 2017 cheio de realizações a todos(as).

sábado, 17 de dezembro de 2016

A COOPERATIVA CENTRAL DA AGRICULTURA FAMILIAR DO RIO GRANDE DO NORTE (COOAFARN) celebrar convênio com a Fundação Banco do Brasil


A COOPERATIVA CENTRAL DA AGRICULTURA FAMILIAR DO RIO GRANDE DO NORTE (COOAFARN) celebrar nesta segunda feira dia 19/12/2016 um convênio  com a Fundação Banco do Brasil, através do programa voluntariado,  a cerimônia ocorrerá  na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) Apodi/RN. O referido convênio trata-se do projeto intitulado, Agricultura Familiar e Gestão Social: o Fortalecimento do Cooperativismo no Estado do Rio Grande do Norte tendo como proponente a COOAFARN.
 Na oportunidade a COOPAPI e COOAFARN estarão promovendo um momento de confraternização com um café da manhã.  Você que é cooperado destas cooperativas, sinta-se convidado.