quarta-feira, 29 de março de 2017

Central de Comercialização da Agricultura Familiar é inagurada em Natal

Ontem (27) uma comitiva representando os agricultores familiares de Apodi esteve presente na solenidade de inauguração da Central de Comercialização da Agricultura Familiar em Natal. 

Durante a inauguração, o governador do estado, Robinson Faria também assinou o Termo de Compromisso com a Cooperativa dos Agricultores Familiares do RN (COAFARN), organização que ficará responsável pela gestão da Central, juntamente com a secretaria de Estado da Agricultura e Pesca (SAPE).

A diretora da COAFARN, Fátima de Lima Torres, disse que o espaço vai mudar a realidade dos produtores rurais do Estado. “Aqui serão comercializados produtos de diversos municípios, produzidos por agricultores familiares e vendidos diretamente por eles, gerando emprego e renda para o homem do campo”, explicou.

Da COOPAPI, estiveram presentes Marto Sousa (presidente), Clebson de Lima (1° secretário), Caubí Torres (2° secretário). A vereadora Soneth Ferreira acompanhou a equipe.

Estrutura
A Central de Comercialização da Agricultura Familiar vai funcionar de segunda a sexta, das 6h às 17h, e aos sábados das 6h às 12h, na avenida Capitão-Mor Gouveia, próximo a Ceasa.

O prédio é composto de 36 boxes e 50 barracas, ocupando uma área de cinco mil metros quadrados. O espaço também terá praça de alimentação com restaurante e lanchonete.

Além dos agricultores familiares, a Central também beneficiará 31 entidades, entre associações e cooperativas.

Com informações do site do Governo do RN


 






quarta-feira, 22 de março de 2017

Edital de convocação de Assembleia Geral da COOPAPI para o dia 29 de março de 2017



COOPERATIVA POTIGUAR DE APICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL - COOPAPI
Rua Sebastião Sizenando, 263, Centro, Apodi –RN  CEP: 59700-000       CNPJ: 06.881.068/0001-03
E-mail: coopapirn@hotmail.com
www.coopapi.blogspot.com.br     Tel: (84) 3333-9582

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE
ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA.


Pelo presente Edital, ficam convocados, nos termos da Legislação Vigente e dos Estatutos Sociais desta Entidade, todos os cooperados quites e no gozo de seus direitos sociais, para participarem de uma ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, que,  realizar-se-á, em primeira convocação,  às 08:00 horas, do dia 29 do mês de março de 2017,  na sede desta cooperativa, sito a rua Sebastião Sizenando, 263, Apodi / RN. Consoante determinação estatutária caso não seja atingido o número legal  para instalação em primeira convocação será realizada Assembléia em segunda convocação uma (1) hora após a primeira com a presença mínima de 50 (cinqüenta por cento) mais um dos cooperados e em terceira (3ª)  e última convocação uma (1) hora após a segunda (2ª)  com a presença mínima de dez (10) cooperados, todas no mesmo local e dia, objetivando discutir a seguinte ordem do dia:

1º) - Prestação de Contas exercício 2016;
2°) - Admissão e saída de cooperados;
3°) - Discussão sobre projetos 2017;
4°) - Outros assuntos do interesse da categoria.

Apodi/RN, 13 de março de 2017.

Francisco Marto de Lima e Sousa 
Presidente.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Polo e-Tec Apodi realizou colação de grau no último sábado

A noite de sábado (04) foi memorável. 60 alunos dos cursos técnicos em comércio exterior, cooperativismo e informática do polo de educação a distancia da rede e-Tec de Apodi colaram grau no Centro Comunitário NIA DOMO (nossa casa em holandês), no Sítio Córrego, zona rural de Apodi RN.

A cerimônia contou com a participação de alunos, padrinhos, tutores e convidados, do coordenador da rede e-Tec da Escola Agrícola de Jundiai - EAJ/UFRN professor Max Lacerda, da Coordenadora de Tutoria do e-Tec/EAJ/UFRN, Fernanda Antunes, do coordenador do polo Caubi Torres, do prefeito de Apodi Alan Silveira, da vice prefeita Hortência Regalado, do secretário de Educação e Cultura Elmo Alves.

Também estiveram presentes os vereadores Genivan Varela, Soneth Ferreira, Bebé Gama, Gilvan Alves, Evangelista Menezes Charton Rêgo e as autoridades: Damião Freire, diretor do IFRN campus Apodi, Fátima Torres, representante da COOPAPI e Central das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Norte, Isaac Wallace, presidente da Associação de Mini Produtores de Córrego, Fernanda Elielma, presidente do Grupo de Jovens São Pedro e José Maria Júnior, representante da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte.

Percebia-se no olhar de cada um dos formandos a alegria de receber o grau do curso técnico no polo. O professor Max Lacerda em seu discurso enfatizou o trabalho da COOPAPI desenvolvido nos seus diversos departamentos que possibilitam novas oportunidades para seus cooperados e a sociedade em  geral. "Essa parceria do polo de educação a distância só vem fortalecer esse trabalho", destaca ele.

O polo de Educação à Distancia da Rede E-tec Brasil EAJ/UFRN funciona na sede da Estação Digital Espaço Virtual em convênio firmado entre a universidade Federal do Rio Grande do Norte e a COOPAPI. As aulas acontecem na Escola Municipal Isabel Aurélia Torres através da COOPAPI com a Prefeitura Municipal de Apodi. Veja fotos:





sexta-feira, 3 de março de 2017

Polo de Educação da UFRN em Apodi realiza colação de grau amanhã


Amanhã, 4, às 19h, na Escola Municipal Isabel Aurélia Torres, no Sítio Còrrego, Apodi RN, ocorre a cerimônia de colação de grau dos concluintes dos cursos técnicos em Comércio Exterior e Cooperativismo e Informática da Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EAJ/UFRN), Polo Apodi.

Os cursos são ofertados por meio da Rede e-Tec Brasil, uma ação do Ministério da Educação (MEC) que tem como foco a oferta de cursos técnicos à distância, além de formação de trabalhadores egressos do ensino médio ou da educação de jovens e adultos.

Na e-Tec Brasil, os cursos são ofertados por meio de um sistema virtual complementado com as atividades presenciais desenvolvidas nos polos de apoio presencial, devidamente equipados com infraestrutura necessária destinada aos alunos.

Em Apodi, a parceria da UFRN ocorre com a Cooperativa Potiguar de Apicultura e Desenvolvimento Rural Sustentável - COOPAPI. Esta cooperativa tem sua atuação desde sua fundação também desenvolvendo estas atividades dentro de seu departamento de educação.

Ângela Maria Paiva Cruz, Magnífica Reitora da UFRN, e Antonio Caubí Marcolino Torres, coordenador do Polo Apodi, convidam a sociedade apodiense para prestigiar este evento onde se formarão 60 novos profissionais que estarão prontos para atuarem no mercado de trabalho.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Grupo de Jovens do Córrego celebra 33 anos de história

Nesta terça-feira (07/02) A comunidade de Córrego reuniu-se para celebrar os 33 anos do Grupo de Jovens São Pedro (GRUJOSP). A cerimônia ocorreu com uma missa na Capela de São Pedro celebrada por Padre Chagas e em seguida no Centro Comunitário com a presença de autoridade (prefeito Alan Silveira, vereadores Soneth Ferreira e João Evangelista, representantes de instituições parceiras do grupo (Capela de São Pedro e São Francisco, AMPC, COOPAPI, COOAFARN, Grupo de Mulheres, corais São Pedro e São Francisco, Deusinha poetisa, membros atuais e ex-componentes do grupo).

Na oportunidade foram feitos discursos destacando a importância do grupo para a comunidade e a região da Areia no município de Apodi. Para Francisco Gilliard, "cada um de nós tem a missão de ajudar na continuidade deste grupo que tanto fez pelo trabalho religioso e social na comunidade"
Depois das falas, teve entrega de comenda para os parceiros, foi servido bolo, salgados e sucos de polpa de frutas produzidos pelos agricultores da comunidade. 
A noite foi encerrada com a participação de Aline Alencar e Allan Alencar que fizeram uma belíssima apresentação.

Fonte: GRUJOSP
Vejam fotos.
  
 

 
  

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

GRUJOSP 33 anos de história: Parabéns

Ontem, (02/02), o Grupo de Jovens São Pedro – GRUJOSP completou 33 anos de existência. Os bravos jovens da comunidade de Córrego, região da Areia, deste município têm uma linda história de atuação juvenil através da organização social.

Cerca de 200 jovens da região da Areia já fizeram parte do GRUJOSP que foi fundado em 02 de fevereiro de 1984 com 12 componentes e que atualmente conta com 10 atuantes. Quase todas as famílias têm pelo menos uma pessoa que já foi do grupo. 
Foto tirada em 1987

Ao longo da história várias conquistas são elencadas para retratar a atuação desses jovens formados na igreja católica com empenho inicial do holandês Padre Theodoro Snijders. O Padre Maciel deu continuidade e agora, Padre Chagas segue com a missão de apoiar os jovens na direção dos projetos do reino de Deus.

Para comemorar, haverá uma missa celebrada por Padre Chagas que se realizará na próxima terça-feira (07), as 19h na Capela de São Pedro, na comunidade de Córrego. Todos convidados.


Parabéns GRUJOSP. Que venham mais 33.

sábado, 21 de janeiro de 2017

Associação de Córrego realiza eleição para nova diretoria

A Associação de Mini Produtores de Córrego e Sítios Reunidos - AMPC, que tem sua sede no Sítio Córrego na região da Areia de nosso município, escolhe amanhã (22/01/17) a sua diretoria para o mandato correspondente ao período de 2017 e 2018.
Poderão votar os sócios da associação ativos que estiverem quites com suas mensalidades.
O horário da votação será das 8:00 Às 11:00h.
Concorre a direção uma chapa única composta pelos seguintes membros candidatos:
PRESIDENTE: Isaac Wallacy de Souza;
VICE-PRESIDENTE: Francisco Manoel de Sousa Filho;
1º TESOUREIRO: Vicente Benigno Neto; 2º TESOUREIRO: Francisco Eciélio de Morais França;
1ª SECRETÁRIA: Wilma Aparecida Torres Pereira
2ª SECRETÁRIA: Patrícia Maria da Silva Ferreira

A AMPC ao longo de seus 25 anos tem um histórico de lutas em benefícios dos agricultores organizados da região.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Governo do Estado assina convênios de R$ 8,5 milhões para projetos piloto

A assinatura de convênios para liberação dos recursos dos projetos piloto nas áreas da agricultura irrigada, apicultura e cajucultura foi assinada pelo Governador do Estado, Robinson Faria nesta quarta-feira (11), na Estação das Artes, em Mossoró. Os 4 municípios são: Mossoró, Apodi, Severiano Melo e Caraúbas.

O investimento de R$ 8.240.205,34 (oito milhões duzentos e quarenta mil, duzentos e cinco reais e trinta e quatro centavos), é do Governo do Estado, por meio do acordo de empréstimo com Banco Mundial, através do Projeto RN Sustentável.

A expectativa é que as 302 famílias contempladas das 14 organizações produtivas, entre 10 associações e 4 cooperativas aprimorem as técnicas de produção, adquiram equipamentos modernos e se capacitem para os negócios prosperarem, dobrando ou triplicando a comercialização.

“Uma equipe de técnicos da Secretaria de Agricultura está trabalhando nos Projetos Pilotos que são acompanhados pelo Banco Mundial e seus especialistas na área de agricultura familiar, existe uma troca de experiências com outros países que desenvolvem ações permanentes com os agricultores. A expectativa é que melhorem os índices socais, de desenvolvimento e que após o término do Projeto RN Sustentável, os Projetos caminhem com êxito”, relata Fabiano Lima, gerente da UES-SAPE.

A produção é motivo de orgulho para os produtores. “O que eu faço aqui é meu. Eu tiro a renda da minha própria terra. Quer dizer, com esse projeto a gente consegue concluir nosso sonho e tirar sustentabilidade daqui e beneficiar todos”, diz Lázaro Pedro de Mota, agricultor do Assentamento Oziel Alves.

PROJETO PILOTO DE AGRICULTURA IRRIGADA

No Projeto Piloto de Agricultura Irrigada será investido R$ 2,972.270,08 , os contemplados são as Associações: Associação Comunitária Terra Prometida, no Projeto de Assentamento (P.A.) Oziel Alves; Associação dos Produtores Rurais da Agrovila Pomar (APRAP), no P.A. MAISA; Associação de Produtores Agrícolas da Montana do Eldorado dos Carajás II, no P.A. MAISA; e uma (01) cooperativa: a Cooperativa de Agricultores e Agricultoras Familiares de Mossoró (COOAFAM), que ficam situados no município de Mossoró.
Oitenta e nove famílias (89) estão envolvidas diretamente. Além da contratação da assistência técnica, os recursos serão para construção de uma unidade de beneficiamento de polpas de frutas equipada com modernas máquinas de refrigeração e aquisição de veículos com baú refrigerado, norma exigente para transporte das polpas. Serão ainda adquiridos equipamentos de irrigação e insumos para as áreas produtivas.

PROJETO PILOTO DE APICULTURA

O Projeto será desenvolvido em Apodi e Caraúbas, os contemplados são (03) associações: Associação do Projeto de Assentamento Santa Agostinha, em Caraúbas; Associação dos Posseiros do Projeto de Assentamento Sítio Góis e Associação dos Posseiros do Projeto de Assentamento Milagre, em Apodi; e uma (01) Cooperativa: Cooperativa Potiguar de Apicultura e Desenvolvimento Rural Sustentável (COOPAPI), também em Apodi.

Oitenta e uma famílias (81) estão envolvidas diretamente. Esses municípios são destaques na produção do mel de abelha no Rio Grande do Norte, embora já exista algumas casas de mel, as mesmas receberão adequações. A expectativa é aumentar a produção adquirindo colmeias e se utilizando de técnicas mais assertivas. O Entreposto do mel será reformado e a aquisição de novos veículos e equipamentos apícolas fazem parte também dos investimentos.

O investimento é de R$ 2.604.024,70 (dois milhões, seiscentos e quatro mil, vinte e quatro reais e setenta centavos).

PROJETO PILOTO DE CAJUCULTURA

As cento e trinta e duas (132) famílias de agricultores dos municípios de Severiano do Melo, Apodi e Caraúbas recebem a implementação do Projeto Piloto de Cajucultura. Os contemplados são quatro (04) associações: a Associação do Projeto de Assentamento Petrolina, em Caraúbas; a Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares de Ipueira, Associação dos Produtores de Castanha de Santo Antônio, ambas em Severiano Melo; Associação dos Miniprodutores do Córrego e Sítio Reunidos, em Apodi; e duas (02) cooperativas: A Cooperativa Mista da Agro Indústria (COOPERUBA), em Caraúbas; e a Cooperativa Central da Agricultura Familiar do RN (COOAFARN), em Apodi.
Com o valor de investimento de R$ 2.663.910,56 será realizado o plantio de novas áreas de cajueiros anão precoce, aquisição de castanhas de caju para as agroindústrias de beneficiamento de castanhas das associações envolvidas, aquisição de equipamentos de irrigação, aquisição de equipamentos para viveiros de mudas, aquisição de insumos para produção de mudas e para o plantio das mudas, aquisição de veículos utilitários, reforma de unidade de beneficiamento de castanha, aquisição de trator com implementos.

PRODUÇÃO DA CAJUCULTURA NO RN

A renda do produtor de castanha de caju cresce no Nordeste. O Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará concentram em seus estados mais de 80% da produção nacional. A estimativa, calculada pelo IBGE, é de 228,7 toneladas, com um aumento de 120% em relação à colheita de 2015, de 102,7 toneladas.

Apesar do clima seco das regiões, os produtores da região do Rio Grande do Norte, no alto Oeste, Litoral e Agreste produziram cerca de 20 mil toneladas castanha de caju. A maior parte da produção é encaminhada para o mercado exterior, principalmente para os Estados Unidos, Canadá e países baixos da Europa.

Todas as famílias beneficiadas dos projetos piloto citados vão receber acompanhamento de técnicos e assistência técnica contratada para proporcionar melhor manejo e acesso a novos mercados.

FOMENTO DA APICULTURA NO RN

Um dos itens essenciais da pauta de exportação, a Apicultura, evidencia resultados que aparecem na fauna, flora, melhoria da qualidade de vida e da renda. Segundo dados da Confederação Brasileira de Apicultura (CBA) de 2011, o Brasil possuía cerca de 350 mil apicultores.

No ano anterior, só o Rio Grande do Norte exportou 435 toneladas de mel natural, o equivalente a uma negociação de 1,07 milhões de dólares. Apesar da seca dos últimos 5 anos que causou uma queda significativa na produção, os apicultores que atuam nas diversas regiões do Estado conseguiram se manter na atividade através da diversificação de produtos.

O principal destino das exportações são os Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Canadá. Outros países também importam o mel brasileiro, como China, Japão, México, Peru, Paraguai, Bolívia, Bélgica e Espanha.
 
Fonte: RN Sustentável

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Projeto da COOPAPI e BUDEGA TERRA FIRME oferta certas de produtos orgânicos e ganha a preferência dos apodienses.






Uma iniciativa da COOPAPI e da Budega Terra Firme tem chamado atenção entre os apodienses que primam por uma alimentação saudável, trata-se de disponibilizar aos consumidores alimentos orgânicos com uma metodologia inovadora, onde é disponibilizado via redes sociais um cardápio de produtos e seus respectivos preços e o consumidor tem autonomia para formar sua própria cesta, os alimentos são colhidos no campo e entregues conforme os pedidos no domicilio dos clientes.

O projeto conta com uma relação de 30 produtos entre hortaliças e outros itens e já ultrapassa a marca dos 50 consumidores. A Budega tem realizado a cada entrega pesquisa de opinião com os consumidores que avaliam a qualidade dos produtos, preços e entregas, " tem sido uma experiência interessante, esse era um projeto antigo que tínhamos em mente e só agora tivemos condições de iniciar esse trabalho, a ideia é fortalecer o projeto, melhorar os serviços e ampliar o rol de produtos e clientes" afirmou Clébson Lima que faz a gestão do projeto.

Encomendas: 
9.9155-8646 - zap
9.9856-9436

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Dirigente do STTR de Apodi/RN visita viveiro de mudas na comunidade de Córrego





 
O vice presidente do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Apodi/RN, o assentado da reforma agrária José Rita participou de uma visita ao viveiro de mudas da Associação dos Mini Produtores do Sítio Córrego logo após a reunião na associação daquela comunidade. A iniciativa dos agricultores/as que fazem a associação tem como objetivo revitalizar a cajucultura do município de Apodi e região que praticamente foi dizimada nesses últimos anos de estiagem.

A COOPAPI juntamente com a associação através dos quintais produtivos dos agricultores tem se empenhado no sentido de mostrar que é possível sim revitalizar a cultura do caju no município.
Nessa terça feira (10) os agricultores irão realizar um intercambio com agricultores de Apodi e outros municípios na comunidade. 
 
Fonte: Comunicação Popular.